Hamburgo | Eu Mochileiro

Hamburgo

Confesso que Hamburgo não foi uma das cidades mais interessantes que eu já visitei na vida. A cidade até que é legal, com bastante opções de entretenimento, vida fortuna bem ativa, transporte público excepcional…

Mas ao meu ver não passa de qualquer outra capital.

hamburgo

Fiquei por lá por duas semanas e durante esse tempo deu pra conhecer bastante coisa.Vou listar por aqui aquelas que eu mais gostei. Por não ser uma pessoa muito fã de balada, não posso fazer muitas recomendações sobre a vida noturna, mas posso dizer que essa é uma das razões que mais atraem viajantes até a cidade todos os anos.

1. Bares e pubs em Repeerbahn

Reeperbahn é sem dúvidas o lugar com mais bares por metro quadrado (?) que eu já visitei na vida.

São centenas de bares e pubs ao longo da avenida e das ruas adjacentes. A maioria dos bares são de strip tease e cheio de garotas de programa, então se você está indo acompanhado ou com família vale a pena dar uma pesquisada antes para não ter nenhuma surpresa.

Em 10 minutos andando por lá eu fui abordado por duas prostitutas que queriam me levar para “conhecer o quarto delas por 50 euros” e por um cara falando que arrumava desconto na cerveja se eu entrasse no bar dele.

Sei não.

Ah, também existe uma rua perto de Reeperbahn que a entrada de mulheres não é permitida, então se você é mulher ou está acompanhado de uma, fique esperto nisso!

2. Tour Gratuito

Uma forma barata e prazeroso de passar o tempo em qualquer cidade turística do mundo são os tours gratuitos. Eles são organizados por grupos de pessoas que trabalham de forma independente, fazendo tours por vários lugares da cidade e que duram entre 2 ou 3 horas.

O tour é gratuito mas se você gostar e achar que eles merecem alguns trocados, com certeza eles não recusarão seu dinheiro.

Eu não indico eles como um programa principal por que eu acho que se você tem tempo e disposição, a melhor forma de se que conhecer uma cidade é a explorando por conta própria com um mapa ou livro como guia. Mas como forma de preencher o tempo e não ficar no hotel a toa, esta é uma ótima opção.
hamburgo

Você pode encontrar estes tours procurando no Google (em inglês, pelas barbas de Merlin!) ou no Couchsurfing. Geralmente eles estão listados na lista (!) de eventos das cidades.

3. Caminhar ao redor do lago Außenalster

Se tem uma coisa que eu me orgulho é de ter achado os lugares mais bonitos e ao mesmo tempo mais desconhecidos nas cidades em que eu passei. Em Paris daria para escrever um livro só sobre estes lugares…

Esse lago artificial é super conhecido em Hamburgo e fica perto de uma estação movimentadíssima (Jungfernstieg), mas a maioria das pessoas (turistas ou não) caminham pela parte mais movimentada, e acabam deixando a uma boa parte do lago (e a mais bonita) de lado.

Por isso se você for visitar Hamburgo, não deixe de continuar andando depois da escultura maluca que aparece na primeira foto, e você encontrará um lugar como na segunda foto.
hamburgo

4. Passear de barca

A barca é um dos meios de transporte de Hamburgo e navega ao longo do maior rio que corta a cidade, o Elbe.

A passagem não é cara (4€ se não me engano) e eu recomendo fazer a noite para poder ver as luzes das cidades e dos navios nos portos.

Mas atenção! Existem várias barcas que mostram a cidade, mas esta que eu me refiro é a barca do transporte público da cidade. As outras são para turistas e por isso muito mais caras.

5. Cafés

Eu confesso que sou viciado em coffee shops e poderia te indicar pelo menos três bons em cada cidade em que passo, mas como Hamburgo não têm tanta coisa para ver/fazer, pode ser um bom programa ir para um café no centro da cidade para relaxar.

Obviamente existem vários Starbucks espalhados pela cidade. Também existe a rede alemã Balzac Coffee, que acaba sendo a mesma coisa que Starbucks…

Mas se você quer experimentar algo diferente eu recomendo o Maya, logo em frente da estação Hammerbrook.

hamburgo

Lá eles possuem uma grande variedade de cafés de todo o canto do mundo (inclusive do Brasil), moem o grão lá mesmo e na maioria das vezes que eu estivesse lá tocam música brasileira de qualidade.

Mas se você quer algo barato eu recomendo o Double Coffee, que fica pertinho da estacão central (Hauptbahnhof). Só evite ir nos horários de almoço e fim da tarde por que com certeza irá pegar fila.

Uma parada obrigatória para qualquer turista é ver a cidade da torre de Saint-Michel, mas como eu não fui lá, prefiro não incluir na lista.

Também há um aquário e um zoológico muito bem recomendados, mas que eu acabei não tendo tempo de ir. O site é http://www.hagenbeck.de.

Espero que seja útil 🙂

Gostou dos nossos artigos?
Se quiser, podemos te enviar muito mais! Complete os campos abaixo para receber todos os nossos artigos direto na sua caixa de entrada.
E não se preocupe, nós também odiamos spam!